Apostas de Lank Vilaverdense e Torreense compensadas com a fase de campeão

Um fim-semana repleto de emoções, sorrisos de quem irá lutar para ser campeão, abraços de quem garante a manutenção e apreensão de quem não atinge o primeiro objetivo da época. As equipas da Liga BPI seguiram o mote da Federação Portuguesa de Futebol e mostraram que não falta competitividade neste campeonato.

Série Sul:

Sporting 8-0 Amora

Provavelmente, o jogo da jornada da série sul. Em caso de vitória do Amora não seria necessário esperar pelos resultados dos adversários e a qualificação para a fase de campeão ficava garantida. No entanto, o jogo teve outro caminho e tornou-se muito mais fácil para o Sporting do que se imaginava. O golo madrugador tirou alento ao Amora e as coisas pioraram com um golaço de livre de Joana Marchão. Apesar do bom futebol que o Amora de Gonçalo Nunes pratica, os erros individuais crucificaram a equipa e ficaram mais uma vez na fase de manutenção.

Estoril 1–5 Benfica

Gestão do plantel do Benfica, titularidade com caras novas, jovens promessas e ainda assim o Benfica revelou a sua superioridade perante um Estoril que pela segunda vez consecutiva irá lutar pela manutenção na segunda fase. Juventude, alegria e uma audácia que dá um lufada de ar fresco a este Benfica, mas que nos deixa preocupados com o Estoril.

Ouriense 0–2 Marítimo

As madeirenses vieram ao Continente para pôr um ponto final nas eventuais contas para o acesso ao top-4. Apesar de uma entrada forte e de um domínio inicial da equipa da casa, o Marítimo chega ao primeiro golo numa bela transição e perto dos minutos finais da primeira parte fecha o resultado. Mais um jogo em que as pérolas madeirenses, Bárbara Santos e Telma Encarnação mostraram porque são imprescindíveis para o treinador.

O Marítimo fez a festa da passagem à fase de apuramento de campeão com o triunfo em Ourém (Foto: Facebook)

Torreense 4–0 Atlético

Jogo de uma só direção, onde ficou espalhada a superioridade da equipa do Torreense perante um humilde Atlético. Um jogo que não fugiu aquilo que se passou durante esta primeira fase da época, um Torreense goleador e um Atlético com muitas dificuldades na Liga BPI.

Série Norte:

Valadares Gaia 0–0 Albergaria

O jogo grande da jornada da série norte, a verdadeira final no acesso à fase de campeão. O Albergaria deslocou-se a Gaia com dois resultados a seu favor, a vitória e o empate. Ao Valadares só a vitória interessava. Na primeira parte, o Albergaria mandou no jogo, criou mais oportunidades, esteve mais perto do golo e sentiu-se a ansiedade do Valadares com muitos passes falhados e pouco discernimento na tomada de decisão. Na segunda parte, a equipa da casa tentou impor o seu jogo e começou a encostar o Albergaria à sua baliza. No entanto, o resultado não se alterou e o Albergaria volta a garantir o top-4 e a presença na Taça da Liga. O Valadares fica aquém das expectativas e volta a cair na fase de manutenção.

Gil Vicente 0–6 Famalicão

Jogo em Barcelos com contas fechadas para ambas as equipas. O Famalicão já tinha garantido a fase de campeão e as gilistas já sabiam que a fase de manutenção era o seu destino. Um jogo sem muita história onde é denotado a diferença nos níveis competitivos entre as duas equipas, apesar da boa entrada do Gil Vicente no jogo e uma confiança diferente com bola no pé. O Famalicão chegou ao golo através de um erro individual da guarda-redes adversária e partir daí o caminho tornou-se mais fácil para a goleada que se aproximava.

Lank Vilaverdense 0-2 Braga

Um Vilaverdense bem organizado, com um plano de jogo muito bem definido que defrontou um Braga agressivo, imponente e exterminador. O já conhecido sistema tático de cinco defesas do Vilaverdense criou dificuldades às bracarenses nas entradas nos espaços e na primeira parte só as bolas paradas deram dores de cabeça à equipa da casa. Apesar de na segunda parte o Lank ter subido um pouco mais as linhas e ter sido mais agressivo nas suas transições, o resultado não se alterou.

Varzim 0 – 4 Condeixa

Apesar de ser um jogo para cumprir calendário, as duas equipas disputaram o jogo de uma forma muito íntegra e com uma entrega total. Um jogo bastante equilibrado com muitas oportunidades de golo para ambas as equipas mas com um Condeixa bastante eficaz. Houve uma melhoria clara destas duas equipas no decorrer das jornadas e a fase de manutenção será interessante.

O Torreense apostou forte na profissionalização, com o Lank Vilaverdense (Foto: Faceboock SCU Torreense)

Destaques da primeira fase:

Lank Vilaverdense e Torreense. Estes dois clubes são a prova de que as estruturas que acreditam na profissionalização do futebol feminino estão mais perto do sucesso. Não foram precisos orçamentos ao nível dos três grandes, nem contratações exuberantes, foi apenas preciso dar condições às atletas para que estas pudessem dedicar-se unicamente ao seu principal objetivo.

Braga e Benfica, os dois grandes que lideraram as séries norte e sul, respetivamente, tiveram apostas muito diferentes no início da época, sendo que a equipa que mais contratou foi o Braga. As suas sete vitórias com apenas um golo sofrido mostram que João Marques acertou nas mudanças que fez no plantel e nas contratações internacionais em que apostou, com o seu futebol projetado e vertical que não deu hipóteses na série norte. Com uma aposta diferente, Filipa Patão procurou manter o seu plantel da época anterior com jogadoras jovens e portuguesas onde prevalece o seu futebol organizado, compacto e controlado.

(Foto: Facebook Lank FC Vilaverdense)

Joana Oliveira
Treinadora

Deixe um comentário!

Últimas NOTÍCIAS

Caroline Kehrer vence a primeira fase

A norte-americana Caroline Kehrer foi a grande vencedora da votação para o Melhor Golo da primeira fase da Liga BPI, com 72,5% dos votos. A...

Atlético-Condeixa só em fevereiro

O jogo relativo à primeira jornada da fase de manutenção da Liga BPI entre o Atlético e o Condeixa, agendado para as 15h00 do...

Seleção em jogo para a história

Esta sexta-feira, a partir das 11h00, a Seleção Nacional mede forças com a Bélgica no Rugby Europe Women's Trophy. No Jamor, este será um...

Carlyn Baldwin assina pelo Torreense

O Torreense acertou a contratação de Carlyn Baldwin, que assinou como jogadora livre, depois de ter representado o Sporting ao longo de quatro temporadas. A...

Venha daí a fase de maior equilíbrio na Liga!

Após esta paragem para os compromissos das seleções, dá-se início à segunda fase do campeonato. Este ano, há algumas alterações que melhoram, sem dúvida,...

Águias arrancam com triunfo

No Pavilhão Municipal dos Desportos, em Lugo, o Benfica estreou-se na Women's European Champions com uma vitória sobre o Tesla Kharkiv por 4-0. Angélica...