Depois de uma derrota inglória ante a Finlândia, que alcançou a vitória a segundos do apito final, Portugal já aponta ao confronto com a Escócia, a realizar esta terça-feira, que dará por terminado o Grupo E de apuramento para o Europeu. Com esse compromisso no horizonte comitiva lusa viajou ao início da tarde deste sábado até ao Chipre e mais precisamente rumo a Larnaca, o local para o qual está marcado o encontro com a equipa escocesa para assim concluir a sua participação na fase de grupos de apuramento para o Euro 2022.

Recorde-se que numa primeira instância a partida como local a capital escocesa, Edimburgo, mas a situação de pandemia e as restrições aéreas colocadas pelo Reino Unido obrigaram a UEFA a encontrar uma solução que tal como em outras situações verificadas, por exemplo, na variante masculina, passou por um terreno neutro para que Portugal, que ainda realizou uma sessão de treino ligeira em Helsínquia durante esta manhã, possa assim realizar este compromisso oficial. Nesse sentido, a equipa portuguesa chegará a Larnaca ao final da tarde e concentra-se imediatamente em estágio.

Esperanças de apuramento direto são remotas, mas vencer novamente a Escócia é objetivo

A partida não promoverá qualquer alteração no Grupo E, no qual Portugal se encontra inserido dado que, aconteça o que acontecer no embate ante a Escócia, as comandadas de Francisco Neto não deixarão o segundo lugar. Com efeito, o grande interesse desportivo da equipa das Quinas está em atingir os 20 pontos na tabela classificativa, o que poderia permitir evitar o ‘play-off’ e garantir um lugar de qualificação direta para o Euro 2022, mas as possibilidades, deve dizer-se, são remotas: Portugal teria de bater a Escócia por um mínimo de nove golos… e mesmo assim poderia revelar-se insuficiente.

Isto porque em simultâneo a Itália não poderia vencer Israel. Caso contrário, Portugal ver-se-ia imediatamente relegado para o play-off, cenário que terá de ser encarado como altamente provável e o desfecho obter-se-á esta terça-feira, a partir das 15h10, quando se iniciar o 13º compromisso oficial entre portuguesas e escocesas sendo que o passado recente até surge como bastante favorável à turma lusa, que levou de vencida as duas últimas partidas oficiais, a última de forma bem recente já que teve lugar no 1-0 aplicado em novembro passado, no Estádio do Restelo.

Nesse momento, a Escócia perdeu qualquer possibilidade de se apurar para o Euro 2022 e aumentou a série de infortúnios que se criou cada vez que defronta Portugal já que foi precisamente ante as britânicas que no Euro 2017, em Roterdão, que a equipa das Quinas obteve a sua primeira vitória de numa fase final de um Europeu naquela que foi a sua primeira e, até ver, única participação em provas desse nível. Mas ainda numa fase precoce da sua evolução enquanto seleção Portugal criou tradição em bater a Escócia: triunfo português em 1994, no Barreiro, e no apuramento para o Euro 1995, em Stirling, solo escocês.

Deixe um comentário!