Nikita Parris recorda o seu início de carreira em artigo da sua autoria

Numa iniciativa promovida pela página ‘The Player’s Tribune’, uma das melhores jogadoras da actualidade, a internacional inglesa Nikita Parris, que há poucos dias se sagrou campeã europeia de clubes ao conquistar a Liga dos Campeões ao serviço do Olympique Lyonnais, contou a sua própria história sobre como iniciou a sua carreira futebolística e as boas sensações que este desporto sempre lhe causou. Nesse artigo escrito na primeira pessoa – entitulado Chasing Dreams e autografado por Parris no final – a avançada revela como tudo começou:

“Esta história começa com um bater na minha porta da frente, quando tinha 6 anos. Era o Calvin, o meu vizinho do lado. Queria que eu saísse para jogar futebol e não me senti como se tivesse de jogar futebol. Fi-lo porque adorava,” revelou a avançada de 26 anos, que dá ainda conta do momento em que terá sentido que teria de encarar a modalidade mais a sério, como uma profissão. “Na altura eu tinha 12, no entanto já tinha superado toda a equipa local. Íamos conquistar Liga após Liga e eu era melhor que a maioria das jogadoras de lá”.

Campeã europeia de clubes revelou-se satisfeita pelo rumo da sua carreira 

A capacidade demonstrada em tenra idade foi o que a levou a apostar na sua carreira desportiva e a assinar pelo Everton com apenas 14 anos e seguidamente o potencial demonstrado em Liverpool levou-a a emblemas de nomeada como o Manchester City e mais recentemente a maior potência do futebol feminino actual, o Olympique Lyonnais.

O actual pentacampeão da Liga dos Campeões parece constituir a escolha certa para a inglesa que termina o seu artigo confessando que “apenas adoro demasiado isto”, seguido de um piscar de olho que demonstra a sua felicidade por poder desempenhar a profissão com que sonhou desde muito nova.    

Imagem: The Telegraph

Deixe um comentário!