Dongmo impõe-se e Sporting tem mais cinco campeãs

Em Braga, no primeiro dia dos Campeonatos de Portugal de Pista Coberta, Auriol Dongmo confirmou a expetativa e venceu o lançamento do peso com 18,91 metros, vencendo a disciplina pelo segundo ano seguido. O pódio ficou completo com Jessica Inchude, com a marca de 18,13 metros e Francislaine Serra (17,39 metros), também recorde pessoal.

Nos 1500 metros, Mariana Machado foi desclassificada por competir com calçado que não cumpre com a norma 5.5, da World Athletics, motivo pelo qual foi Joana Soares a vencedora. Emília Pisoeiro e Rita Figueiredo foram segunda e terceiras classificadas. Todavia, Mariana apresentou recurso e aguarda pele decisão final.

Em 3000 metros, na marcha, Edna Barros alcançou o seu primeiro título, à frente de Vitória Oliveira e Maria Bernardo.

No salto em altura, Anabela Neto, voltou a vencer, levando a melhor sobre Milena Lucena e Margarida Mota.

Nos 400 metros, Cátia Azevedo triunfou com 53s69’, o que lhe valeu a qualificação para os Campeonatos da Europa de Pista Coberta. Em segundo e terceiro lugares ficaram Dorothé Évora e Vera Barbosa. Já Evelise Veiga é pentacampeã no salto em comprimento, com a marca de 6,39 metros, batendo Yariadmis Arguelles e Lucinda Gomes, do GDE, com a marca de 5,98 metros.

Nos 60 metros, Lorene Bazolo bateu a concorrência.

Ana Filipe, no atletismo adaptado, fez 5,48 metros no salto em comprimento T20 e confirmou o primeiro lugar do ranking mundial de 2021 e o quinto posto no ranking de apuramento para os Jogos.

Contas feitas, o Sporting teve cinco campeãs nacionais.

Foto: Sporting CP

Deixe um comentário!

spot_img
Últimas NOTÍCIAS

Escalões A e B do Torreense seguem a mesma estrada

Bem integrado no crescimento sustentado do futebol feminino em Portugal que se tem construído, como é necessário, a partir das bases, o Torreense pretende...

Filipa leva ao tapete com a esquerda

Foi na raça, sem desistir, que Filipa Morais recolheu um alívio da defesa do Damaiense e, indiferente à pressão das adversárias, disparou de pé...

À segunda, Catarina espera segurar a manutenção

Desde o primeiro dia de treinos na temporada, muita coisa mudou para o Gil Vicente, que não conseguiu evitar uma 1ª fase abaixo das...

O futuro a acontecer no futebol feminino

Esta época tem sido especial para aquela que é a principal competição europeia de clubes: a Liga dos Campeões feminina.  A eliminação do Lyon nos quartos de final, frente ao PSG, começou a desenhar...

Águila dá asas ao feminino na Colômbia

Na Europa, a cerveja ‘Águila’ será provavelmente conhecida por aquilo que é o seu produto: uma cerveja. Já na Colômbia, a marca é encarada...

Tatiana aconselha-se no campeão europeu

Serão poucas as jogadoras que poderão gabar-se de ter a respetiva carreira monitorizada e acompanhada pelo clube campeão europeu e menos ainda as que...