Dupla russa banida para sempre do ténis

As tenistas profissionais Sofia Dmitrieva e Alija Merdeeva foram banidas para sempre do ténis, desde a prática desportiva até frequentarem qualquer recinto como espectadoras, depois de terem sido apanhadas na prática de 'match fixing'

São felizmente cada vez menos os casos, especialmente pela consciência do que representa, para um desportista que se preze, amador ou profissional, não poder voltar a desempenhar a atividade de que mais gosta. Será precisamente o que irá suceder a uma dupla de atletas da Rússia, Sofia Dmitrieva e Alija Merdeeva, que receberam como pena a irradiação do desporto para toda a vida. Um final de carreira antecipado para Dmitrieva e Merdeeva que nunca mais poderão desenvolver uma carreira profissional desportiva depois de se ter concluído a investigação que ambas protagonizavam.

As duas tenistas profissionais russas estiveram comprovadamente em múltiplos casos de ‘match fixing’, um problema ao qual os mais variadas modalidades desportivas ‘declararam guerra’ e em dois deles trataram-se de encontros nos quais as duas jogadoras se encontravam envolvidas como parceiras na variante de pares, levando a International Tennis Integrity Agency a anunciar a decisão de expulsar as duas jogadoras de uma forma definitiva.

Tenistas foram apanhadas em ‘match fixing’ e não mais poderão trabalhar na modalidade

Tratam-se de duas jogadoras que nunca chegaram ao mais alto nível do ténis mundial – Merdeeva deambulou entre carreiras individuais e de pares mas nunca conseguiu ultrapassar o ‘top 900’ em nenhuma das variantes no circuito WTA – o máximo que conseguiu em singulares foi atingir a posição 1192, sendo que no que respeita aos pares o melhor ranking que conseguiu foi a 939ª posição – e encontra-se diretamente ligada a duas situações de ‘match fixing’, ao passo que a sua parceira, Dmitrieva, acabou por reincidir em maior quantidade.

Com efeito, esta jogadora, que conseguiu chegar pouco mais acima no ranking profissional WTA, teve como ponto alto atingir o lugar 928 em singulares e uma carreira um pouco mais bem-sucedida em pares, tendo por uma ocasião chegado ao 644º lugar e infringiu as regras num total de seis situações de ‘match fixing’ comprovado. Uma infração tida como imperdoável pelas entidades que regem o ténis mundial, que pretenderão tornar esta dupla de russas num exemplo claro de que a adulteração de resultados desportivos não será, de forma alguma, tolerada.

A situação ganhou contornos ainda mais graves a partir do momento em que Dmitrieva incorreu ainda em falhar deliberadamente com a cooperação com as várias instituições que assumiram esta investigação e o castigo por todas estas incorreções foi duro e exemplar: ambas encontram-se proibidas, para toda a vida, de competir, assumirem o papel de treinadoras de outro/a jogador/a ou de sequer frequentar um torneio organizado pelas principais organizações do ténis mundial, inclusivamente como espectadoras de um qualquer encontro da modalidade.

Imagem: Alija Merdeeva – página oficial

Deixe um comentário!

Últimas NOTÍCIAS

Encontradas dez convocadas para o Europeu

Já foram seleciona das as dez jogadoras que vão representar Portugal no Campeonato da Europa de hóquei em patins feminino que vai disputar-se no...

“Saímos daqui com um amargo de deixarmos dois pontos”

Francisco Neto admitiu que Portugal não realizou uma boa primeira parte com a Turquia, encontro de qualificação para o Mundial, que terminou empatado. “Mesmo...

Suzane Pires homenageada pela Turquia

De regresso à Seleção Nacional, Suzane Pires foi homenageada pela congénere da Turquia. A forma como conseguiu conciliar a condição de mãe com o...

Lara Martins chamada à seleção de sub-17

A Seleção Nacional feminina de sub-17 concentra-se esta sexta-feira na Cidade do Futebol, onde dará início a um estágio que inclui dois particulares com...

Vitória não quis nada com Portugal, turcas fizeram a festa

A Seleção Nacional arrancou a campanha de apuramento para o Mundial 2023 na Turquia, onde deixou dois pontos, atendendo ao objetivo assumido de somar...

Sub-19 derrotadas pela Dinamarca

A Seleção Nacional feminina de sub-19 foi derrotada pela Dinamarca (2-0), num particular realizado na Cidade do Futebol. Mille Bech inaugurou o marcador aos...