“Evangelista ocupa o cargo de presidente de forma ilícita”

Ibraim Cassamá e Tita, da lista De Jogadores Para Jogadores alegam que o líder do Sindicato há 17 anos "nunca foi jogador profissional de futebol"

Em comunicado, a lista ao Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol liderada por Ibraim Cassamá e por Tita acusam o presidente da instituição, Joaquim Evangelista, de ocupar o cargo “de forma ilícita”.

Eis o comunicado na íntegra:

“A lista de Jogadores para Jogadores liderada por Ibraim Cassamá e Tita, vem por este meio informar que, o Senhor Presidente Joaquim Evangelista nunca foi jogador profissional de futebol, ocupando o cargo de Presidente há 17 anos, de forma ilícita, inapropriada e sem as devidas habilitações, conforme se verifica nos estatutos do próprio Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol.
Contrariamente, diversos jogadores de futebol e jogadoras profissionais, estão impedidos/as de se tornarem associados/as pela direção do SJPF, apesar de cumprirem todos os requisitos.
Somos pela verdade, sempre defenderemos a boa governança e a transparência! Estamos conscientes, provavelmente até mais vulneráveis por expor factos contraditórios ao que foi dito durante anos, mas estamos orgulhosos, porque juntos, com o apoio de centenas de jogadores estamos a trilhar um caminho diferente. Aconteça o que acontecer e que seja sempre De jogadores para jogadores.
Ibraim Cassamá
Tita
8 de Abril, 2021.”

Deixe um comentário!

spot_img
Últimas NOTÍCIAS