Joana Soeiro apela ao “sentido de proteção” da própria casa

O Benfica defronta este sábado, pelas 18h00, na Luz, o União Sportiva para a meia-final da Taça de Portugal. Joana Soeiro, capitã das águias enfatizou o fator “casa”, mesmo sem público nas bancadas, ao antever o encontro.

“Quando soube que a fase final da competição ia ser disputada na nossa casa, obviamente que fiquei muito contente. Esta é a nossa casa, jogar aqui é completamente diferente de atuar noutro pavilhão. O sentido de proteção ao nosso campo e à nossa casa está acima de tudo”, revelou a base, em declarações à BTV.

A equipa comandada por Eugénio Rodrigues teve de eliminar o Esgueira na 4.ª ronda (47-63) e o Guifões nos quartos de final (48-86) para chegar a esta fase, mas a dona da camisola 1 encarnada não espera facilidades e prometem que as águias vão encarar o jogo “como uma final”.

“A equipa do União Sportiva tem um jogo exterior muito forte e excelentes lançadoras na zona do perímetro. Têm duas jogadoras norte-americanas que utilizam um jogo muito físico e, sabendo o que aconteceu no encontro dos Açores [derrota por 63-56 ante as líderes do campeonato], tentaremos anular esses pontos fortes. O jogo interior delas também é muito bom, jogam bem de costas para o cesto”, comentou a capitã, analisando o conjunto adversário, antes de prosseguir: “O União Sportiva é um clube que já representei no passado. Enfrentaremos este desafio como se fosse a nossa final, porque é um jogo a eliminar. Estamos preocupadas em trabalhar todos os aspetos defensivos, perceber quais são os pontos fortes do adversário e trabalhá-los em campo.” Vamos elaborar a nossa estratégia e consolidá-la”, garantiu Joana Soeiro.

Recorde-se que no outro jogo das meias-finais enfrentam-se Vitória de Guimarães e GDESSA, às 15h30 de sábado. A final disputa-se no dia seguinte (domingo), 14 de março, às 11h00.

Deixe um comentário!

spot_img
Últimas NOTÍCIAS