Leoas autoritárias impõem-se com goleada no dérbi

Depois do triunfo na Supertaça, o Sporting voltou a levar a melhor sobre o Benfica. Em Alcochete, o dérbi eterno terminou com 5-1, resultado que deixa a equipa de Mariana Cabral no topo da zona sul da Liga BPI, em igualdade pontual com o Torreense, próximo adversário.

O Benfica começou melhor e Cloé Lacasse e Ana Vitória tiveram possibilidade de visar a baliza verde e branca, mas não conseguiram. O Sporting reagiu e Diana Silva obrigou Carolina Vilão, que rendeu Letícia Izidoro, a aplicar-se (9′). No minuto seguinte, as leoas adiantaram-se com um golaço de Brenda Pérez. A médio espanhola conseguiu ludibriar Pauleta e com um chapéu sobre a guarda-redes encarnada fez o 1-0. Animadas com o golo, aos 19′, as leoas falharam uma clamorosa chance para ampliar. Isolada por Brenda, Marta Ferreira permitiu a intervenção de Vilão. Com Cloé e Valéria móveis na frente, aos 36′ foi a brasileira quem rematou para defesa de Doris Bacic. Uma grande penalidade cometida por Vilão logo depois ditou o 2-0 para as leoas. A guardiã das águias travou Diana Silva, Sandra Bastos não hesitou na marcação do castigo máximo que Joana Marchão converteu.

Diana Silva e Carolina Vilão no lance da grande penalidade (Foto: Tiago Tavares / LadoF)

O dérbi esteve interrompido vários minutos para assistência a Catarina Amado que após choque com Marta Ferreira saiu de maca. Ao ser substituída por Marta Cintra, a atacante leonina foi dar um incentivo à lateral encarnada. Antes do intervalo, Valéria aproveitou um erro de Carolina Beckert – mediu mal o atraso – para reduzir.

Brenda Pérez destacou-se. Foto: Tiago Tavares / LadoF

Com Kika Nazareth no lugar de Beatriz Cameirão, a segunda parte iniciou-se com mais um golo da equipa da casa. De fora da área, Joana Martins bateu Vilão, que poderia ter feito mais neste lance. O resultado expressivo aconteceu por Diana Silva. Grande passe de Marta Ferreira, a avançada leonina superioriza-se a Ana Seiça, utilizada no lugar de Sílvia Rebelo e faz um golaço de pé esquerdo. Sem soluções perante o eterno rival, o Benfica ainda sofreu mais um golo, por Diana Silva. Na sequência de uma abertura de Brenda, que fintou Ucheibe, a internacional lusa faturou num lance em que Vilão estava mal posicionada. Logo depois, a guarda-redes encarnada travou o remate de Joana Marchão para canto.

Nos outros desafios da série, Amora e Marítimo empataram (1-1), o mesmo resultado da receção do Estoril ao Atlético.

Deixe um comentário!

Últimas NOTÍCIAS

Lyon volta a conquistar a Liga dos Campeões

Tal como há três anos, o Lyon venceu o Barcelona (3-1), que ambicionava a revalidação do título europeu. Em Turim, no estádio da Juventus,...

Damaiense vence Fofó e é o novo líder

No jogo grande da jornada da II divisão, o Damaiense venceu o Futebol Benfica por 2-1 e assumiu a liderança da fase de campeão,...

A festa foi toda do Benfica: bicampeonato e recorde!

Foi perante 14 221 espectadores no Estádio da Luz, novo recorde de assistência no futebol feminino nacional, que o Benfica venceu o Sporting por...

Nuno Cristóvão deixa Racing Power

A três jornadas do final da fase de apuramento de campeão da II divisão, Nuno Cristóvão deixou o comando técnico do Racing Power, que...

Fofó não vacila na frente e Damaiense sobe a segundo

A três jornadas do final da fase de campeão da II divisão, a luta pela subida direta, garantida pelo primeiro lugar, está ao rubro....

Sem cedências na frente

Foram sete. Os golos com que o Sporting recebeu o Lank Vilaverdense e aqueles a que se assistiram na visita do Benfica ao Marítimo....