Luís Gabriel garante “Marítimo ambicioso” na receção ao Sporting

Depois da receção ao Benfica, jogo que terminou com o triunfo encarnado por 2-1, o Marítimo recebe esta quarta-feira outra das equipas que lutam pelo título. Num encontro em atraso da 10.ª jornada da fase de campeão da Liga BPI, as insulares medem forças com o Sporting que ambiciona ultrapassar o Benfica e reassumir o primeiro lugar.

A equipa madeirense está pronta para a luta. “Mais um jogo muito difícil, perante um adversário que não pode perder pontos, mas podem esperar um Marítimo ambicioso, sabendo que vai ter momentos em que temos que ser muito organizadas defensivamente e depois aproveitar as nossas oportunidades, porque vamos tê-las… O nosso foco é disputar o jogo do início ao fim, como sempre temos feito neste campeonato”, antevê o treinador do Marítimo, Luís Gabriel.

Garantida a manutenção e um lugar entre as oito melhores equipas nacionais, o Marítimo é sétimo – depende de si para ultrapassar o Torreense -, e em 20 jogos só não marcou em dois [contra Braga e Sporting], alerta o técnico, acrescentando que a sua equipa é muito competitiva.

As insulares querem repetir festejos. Filipe Amorim / Lado F

No espaço de uma semana, o Marítimo terá três jogos, pois sábado, seguir-se-á o embate com o Clube Condeixa, em atraso da quarta jornada e há que gerir as jogadoras numa temporada atípica. “É uma situação que esta época, devido à covid, nos obrigou a ter que realizar 3 jogos num curto espaço de tempo. O mais difícil é não ter todas as jogadoras disponíveis para o próximo jogo. Temos duas jogadoras na seleção sub-19 [Joana Silva e Lara Costa] e impedimentos por motivos profissionais, mas as jogadoras que jogarem vão mais uma vez dar uma boa resposta”, afirma.

O Marítimo é um dos emblemas fustigado por lesões, mas Luís Gabriel não quer desculpas. “As lesões fazem parte do futebol, nenhuma delas foi muscular e as mais graves da Cristina, da Eliana e da Karina, que entretanto já está a competir, só nos tiram mais algumas opções, porque o rendimento da equipa tem sido muito constante durante toda a época”, sublinha.

Telma Encarnação é a goleadora do Marítimo e tem sido chamada à Seleção Nacional. Foto: Filipe Amorim / Lado F

Na frente, Telma Encarnação tem evidenciado qualidade e poder de fogo e sem querer individualizar, Luís Gabriel reconhece que a avançada tem grande potencial. “Primeiro, tenho que dizer que sem ajuda das colegas, ela não tinha neste momento 16 golos, porque o individual só sobressai quando têm um forte coletivo e muitos dos golos que tem são de assistências das suas colegas. A Telma tem potencial para ser a melhor avançada portuguesa, mas têm que continuar focada e a trabalhar e pensar sempre na equipa que só assim vai continuar a crescer”, conclui.

Deixe um comentário!

spot_img
Últimas NOTÍCIAS

Filipa leva ao tapete com a esquerda

Foi na raça, sem desistir, que Filipa Morais recolheu um alívio da defesa do Damaiense e, indiferente à pressão das adversárias, disparou de pé...

À segunda, Catarina espera segurar a manutenção

Desde o primeiro dia de treinos na temporada, muita coisa mudou para o Gil Vicente, que não conseguiu evitar uma 1ª fase abaixo das...

O futuro a acontecer no futebol feminino

Esta época tem sido especial para aquela que é a principal competição europeia de clubes: a Liga dos Campeões feminina.  A eliminação do Lyon nos quartos de final, frente ao PSG, começou a desenhar...

Águila dá asas ao feminino na Colômbia

Na Europa, a cerveja ‘Águila’ será provavelmente conhecida por aquilo que é o seu produto: uma cerveja. Já na Colômbia, a marca é encarada...

Tatiana aconselha-se no campeão europeu

Serão poucas as jogadoras que poderão gabar-se de ter a respetiva carreira monitorizada e acompanhada pelo clube campeão europeu e menos ainda as que...

Leoas fazem treino de captação dos 8 aos 15 dia 22

O Sporting vai realizar treinos de captação para jovens nascidas entre 2006 e 2013 (dos 8 aos 15 anos) no polo que o clube...