Warning: file_put_contents(): Only -1 of 49413 bytes written, possibly out of free disk space in /home/ladofpt/public_html/wp-content/plugins/bsa-plugin-pro-scripteo/frontend/css/template.css.php on line 37

O carisma de Jamila a elevar as novas campeãs

Carismática, Jamila Martins é uma jogadora que transporta garra para dentro dos campos. Capitã da AD Pastéis, a guarda-redes foi e é garantia de defesas e golos… Se é a tapar a baliza que a internacional portuguesa naturalmente se evidencia, na caminhada para o inédito título nacional também faturou. Aliás, na final apontou um dos três golos do triunfo sobre o Sótão e o objetivo de erguer o troféu que escapou há um ano para a equipa da Nazaré, foi cumprido. “Este ano a equipa estava mais consolidada, apesar de algumas saídas, mas quem veio acrescentou bastante e trabalhámos para isso num campeonato que melhorou, com mais equipas, mais jogadoras e mais qualidade”, diz Jamila, uma das atletas que transitou do futebol de onze para os areais, evidenciando bom jogo de pés, algo crucial em ambas as vertentes. “No geral, em termos técnicos, melhorámos bastante. Se calhar, tenho um remate um pouco mais forte por jogar futebol de onze. No futebol de praia, o jogo passa bastante pela guarda-redes e o trabalho passa por tentar cansar mais o adversário e rematar à baliza para marcar um ou outro golo. Aqui, o apoio dos treinadores foi importante, porque incentivavam a que rematasse e para criar movimentações para abrir espaço no meio de forma a ter caminhos para o golo mais facilitados”, completa.

Com uma experiência anterior no futebol de praia, quando ainda não havia seleção feminina de forma “oficial”, no ano passado, com a criação da I edição do Nacional é que Jamila teve de adaptar-se a uma nova realidade. “Notei a diferença de passar de um sintético para a areia. Este ano, já foi mais fácil, até porque o espaço de trabalho criado pela Seleção, também vem ajudar ainda mais”, refere.

Depois de mais uma temporada no Clube Futebol Benfica, Jamila, internacional lusa também no futebol de onze [esteve no Euro’2017], é uma voz de comando também no futebol de praia, fruto da experiência acumulada ao longo dos anos. “Acho que a comunicação é importante, falar bastante e aprendi isso com o tempo, não por ser capitã no futebol de praia, ou uma das capitãs do Clube Futebol Benfica. Estamos sempre a aprender, somos o único jogador com maior raio de visão sobre todo o jogo e termos uma guarda-redes que fale é das coisas mais importantes”, aponta Jamila que começou no futsal e foi sempre guarda-redes. Assistindo ao futebol no geral, como forma de aprendizagem, tem Elinton Andrade como referência no futebol de praia na sua posição e a algarvia aponta para o futuro que passa pela segunda etapa da Liga Europeia, em setembro. Portugal está a um passo da final-four. “Se for convocada, o objetivo passa por tentar alcançar o lugar mais acima. Começámos agora, sabendo que outras seleções têm mais rodagem de areia do que nós, mas apesar de sermos principiantes temos mostrado a nossa qualidade e este seleção pode dar muito”.

Sobre a AD Pastéis, além da revalidação do título de campeãs, a mira fica já apontada para a EuroWinners Cup, prova em que este ano a equipa de Marvila foi oitava, sem Jamila, que na altura ainda estava ao serviço da sua equipa de futebol de onze. “Infelizmente, tivemos jogadoras que não conseguiram estar presentes, mas para o ano, se correr tudo bem, que consigamos fazer melhor. O objetivo é evoluir para elevar também o futebol de praia”, conclui Jamila que tem dois rituais. “O top e a cueca têm de ser sempre os mesmos”, revela, entre risos. “ E benzo-me sempre antes de entrar em campo”.

Fotos: reprodução facebook Nazaré Beach Events

Deixe um comentário!

Últimas NOTÍCIAS

Fábio Ivan Barros inicia aventura na Roménia

Fábio Ivan Barros já foi apresentado como treinador do Carmen Bucareste. Com passado nas equipas femininas de Marítimo, Boavista e Clube Condeixa no principal...

O carisma de Jamila a elevar as novas campeãs

Carismática, Jamila Martins é uma jogadora que transporta garra para dentro dos campos. Capitã da AD Pastéis, a guarda-redes foi e é garantia de...

Novo dérbi na final da Supertaça

Sporting e Benfica vão disputar a final da Supertaça dia 26, em Leiria. As leoas levaram de vencida o Famalicão (3-0) com golos de Brenda...

AD Pastéis festeja título de campeão

Na reedição da final do ano passado, a AD Pastéis venceu o Sótão por 3-2 e ergueu o troféu de campeão nacional de futebol...

Recordes, recordes e mais recordes

Esta época, o futebol feminino bateu muitos e importantes recordes. A época começou com um novo acordo entre a UEFA e a DAZN para transmissão...

“Em união e garra ninguém nos vence”

A Seleção Nacional de futebol de praia terminou a primeira etapa da Liga Europeia com registo de duas vitórias (Chéquia e Itália) e uma...