Osaka procura repetir, Brady quer o primeiro

Para muitos, esta meia-final constituiu uma verdadeira final antecipada, cujo desfecho passou mesmo pela qualificação de Naomi Osaka para mais uma final na Austrália, mais precisamente num Australian Open em ténis do qual guarda boas memórias, dado já o ter conquistado em 2019. Para o fazer, a japonesa conseguiu a sempre impressionante façanha de monopolizar o jogo perante a multicampeã Serena Williams, tendo protagonizado uma exibição autoritária e dominado a veterana norte-americana para se apurar para o encontro que define o título do Open australiano, no qual surge como favorita.

Naomi Osaka e Australian Open parecem, uma vez mais, caminhar de mãos dadas para novo sucesso depois de a nipónica ter superado uma campeã de longa carreira que começou por admirar, passou a rivalizar e a quem agora tem a capacidade de vencer, Serena Williams, atualmente a 11ª colocada no ranking mundial WTA, por dois sets sem resposta com parciais de 6/3 e 6/4 durante a madrugada desta quinta-feira. Assim, Osaka, terceira colocada do ranking mundial, repete aquele que constituiu o primeiro ponto alto da sua carreira, quando levou de vencida Serena na final do US Open em 2018.

Osaka derrotou a multicampeã Serena e encontrará Brady, que afastou a ‘outsider’ Muchova

A asiática também detentora de nacionalidade norte-americana junta ao seu currículo mais uma final deste Grand Slam australiano e para o fazer necessitou de afastar Anastasia Pavlyuchenkova, da Rússia, por 6/1 e 6/2, Caroline Garcia, de França, por 6/2 e 6/3, Ons Jabeur, da Tunísia, por 6/3 e 6/2, Garbiñe Muguruz, de Espanha, por 7/6, 6/4 e 7/5, Su-wei Hsieh, de Taipé, por 6/2 e 6/2, e por fim o duelo ante Serena.

A separar Osaka do segundo título na Austrália está uma estreante…mas de muito respeito: medirá forças novamente com uma americana, Jennifer Brady, 24ª classificada no ranking WTA, que pela primeira vez se qualifica para uma final de Grand Slam e para o conseguir derrotou a checa Karolina Muchova, 27ª colocada no ranking internacional, numa partida pautada pelo equilíbrio, ditado pelo resultado de 6/4, 3/6 e 6/4. Antes, Brady necessitou de deixar para trás várias rivais de forma consecutiva, mais precisamente seis – só Osaka a separa de um título que representaria um auge de carreira.

Para chegar ao derradeiro encontro, a norte-americana eliminou Aliana Bolsova, de Espanha, por 6/1 e 6/3, a compatriota Madison Brengle por 6/1 e 6/2, Kaja Juvan, da Eslovénia, por 6/1 e 6/3, Donna Vekic, da Croácia, por 6/1 e 7/5, mais uma compatriota, Jessica Pegula, por 4/6, 6/2 e 6/1) e por fim, nas primeiras horas desta quinta-feira, Muchova, que se candidatava também ao estatuto de maior ‘outsider’ do Australian Open. Falta apenas um encontro, de decisão, do qual se espera um fabuloso espetáculo de ténis.

Foto: Twitter Australian Open

Deixe um comentário!

Últimas NOTÍCIAS

Encontradas dez convocadas para o Europeu

Já foram seleciona das as dez jogadoras que vão representar Portugal no Campeonato da Europa de hóquei em patins feminino que vai disputar-se no...

“Saímos daqui com um amargo de deixarmos dois pontos”

Francisco Neto admitiu que Portugal não realizou uma boa primeira parte com a Turquia, encontro de qualificação para o Mundial, que terminou empatado. “Mesmo...

Suzane Pires homenageada pela Turquia

De regresso à Seleção Nacional, Suzane Pires foi homenageada pela congénere da Turquia. A forma como conseguiu conciliar a condição de mãe com o...

Lara Martins chamada à seleção de sub-17

A Seleção Nacional feminina de sub-17 concentra-se esta sexta-feira na Cidade do Futebol, onde dará início a um estágio que inclui dois particulares com...

Vitória não quis nada com Portugal, turcas fizeram a festa

A Seleção Nacional arrancou a campanha de apuramento para o Mundial 2023 na Turquia, onde deixou dois pontos, atendendo ao objetivo assumido de somar...

Sub-19 derrotadas pela Dinamarca

A Seleção Nacional feminina de sub-19 foi derrotada pela Dinamarca (2-0), num particular realizado na Cidade do Futebol. Mille Bech inaugurou o marcador aos...