Warning: file_put_contents(): Only -1 of 49413 bytes written, possibly out of free disk space in /home/ladofpt/public_html/wp-content/plugins/bsa-plugin-pro-scripteo/frontend/css/template.css.php on line 37

Rogério de influência americana motiva Ovar

À terceira, a Ovarense pretende que seja de vez: depois de ter iniciado a temporada com Sérgio Barreto ao comando, Emanuel Valente deu continuidade até terminar a 1ª fase mas será mesmo o atual coordenador do futebol feminino do clube, Rogério Mendes, a assumir o cargo para a fase decisiva da temporada, orientando a equipa principal feminina para este final de temporada. Antes, desempenhava funções de coordenação numa transição que, conta o técnico, não estava pensada no início da época e por essa razão não assumiu a equipa logo no início da temporada.

“A Ovarense, na altura de abordagem no verão passado, já tinha treinador. Eu como vinha para Portugal e também como a Ovarense estava interessada na minha experiência no futebol feminino nos Estados Unidos decidi vir cá ajudar. Depois do nosso primeiro treinador ter saído, entrou o adjunto até que nessa altura ainda estava à espera do meu título profissional aqui em Portugal e nem sequer era opção. Foi desta, à terceira, que veio a oferta para eu liderar a equipa. Foi fácil de aceitar o desafio uma vez que já me tinha acarinhado muito com esta equipa e este clube,” explicou o novo treinador da Ovarense.

“O clube, porque gostei logo do apoio e da vibração dos seus apoiantes, até sem eles poderem assistir aos jogos nos estádios, ainda se sente. Eles mostram-se sempre disponíveis, a querer ajudar quando possível. Até quando arrancamos de autocarro já tivemos um grupo da claque para nos apoiar na saída do estádio. E como disse, também me acarinhei com a equipa, em como jogam bom futebol, com paixão e raça mantendo sempre uma atitude espetacular,” indicou em tom elogioso o técnico que antes de rumar à Ovarense estava nos EUA e preparava-se para orientar um clube da II Divisão do país.

Técnico procurará utilizar a experiência que angariou nos EUA em benefício do clube

Uma possibilidade que, assegura, já não se encontra de pé pois pretende fixar-se em Ovar a longo prazo. “A minha intenção fui sempre vir cá para Portugal e ficar, pelo menos, uns anos. Pelas razões da diversidade na minha experiência, mas principalmente por estar muito mais perto do meu filho que já mora cá em Portugal há alguns anos. E aqui estou, em Ovar, para encaixar neste projeto interessante e é somente nisso que penso hoje” depois de ter trabalhado no âmbito de uma potência do futebol feminino mundial como os EUA.

Rogério Mendes considera que a sua experiência poderá melhorar o rendimento da Ovarense com um impacto imediato. “Que tipo de treinador seria eu se não achasse que poderia ajudar? Mas digo que os treinos desta semana mostraram-me que há pouco a refinar. Há muito talento cá e agora é só continuar a trabalhar todos os dias para melhorarmos ainda mais. A experiência nos Estados Unidos pode também ajudar, como o futebol feminino lá já é um ‘adulto’ em comparação com o futebol feminino em Portugal que ainda é uma ‘criança’,” assim comparou.

Rogério Mendes desenvolveu competências nos EUA e pretende utilizar a experiência angariada para conduzir a Ovarense à manutenção.

Rogério Mendes nem hesita a apontar a manutenção imediata como objetivo para a 2ª fase

“Com isto quero dizer a maioria das meninas nos Estados Unidos começam a jogar futebol logo com cinco anos. Aqui em Portugal ainda poucas se viram para o futebol, mas isso breve vai mudar e já está a melhorar muito por causa do crescimento de qualidade cá nestes últimos anos, tanto na Liga como também o trabalho feito pela nossa federação. E digo mais, que o nível que tenho visto cá até agora tem-me surpreendido pela positiva e espero que continue neste caminho, o futebol feminino em Portugal dará muito breve nas vistas pela Europa inteira,” preconiza o técnico que há alguns meses regressou ao país.

O novo treinador da Ovarense, que se estreará oficialmente este domingo ante o Gil Vicente, acompanhou com interesse a caminhada da equipa, que lutou até à derradeira jornada pela qualificação para a fase de apuramento de campeão. Apesar desse último esforço, agora jogará a de manutenção, não tendo demonstrado qualquer hesitação sobre qual será o objetivo – passa por ficar nos dois primeiros lugares de forma a assegurar a manutenção imediata. Mais: acrescenta que “temos qualidade suficiente para ficar mesmo em primeiro.”

“Com concentração, sacrifício, trabalho e sorte, com a saúde de todas as jogadoras, acho que todos queremos mesmo isso. Até porque duas das cinco equipas que ficaram à nossa frente conseguiram um empate e uma vitória. Tivemos algum azar no último jogo com o Condeixa, mas isso não mudou com o moral da equipa que mostra mesmo a força do nosso grupo,
” considerou o coordenador que transitou para o cargo de técnico principal que não vê a hora de se estrear em Ovar e somar desde logo uma vitória determinante para as ambições de permanência do clube.

2 COMENTÁRIOS

  1. Obrigado pela entrevista e tudo que fazem para o futebol feminino aqui em Portugal. Estamos prontos para o desafio amanhã! Grande abraço.

Deixe um comentário!

Últimas NOTÍCIAS

Fábio Ivan Barros inicia aventura na Roménia

Fábio Ivan Barros já foi apresentado como treinador do Carmen Bucareste. Com passado nas equipas femininas de Marítimo, Boavista e Clube Condeixa no principal...

O carisma de Jamila a elevar as novas campeãs

Carismática, Jamila Martins é uma jogadora que transporta garra para dentro dos campos. Capitã da AD Pastéis, a guarda-redes foi e é garantia de...

Novo dérbi na final da Supertaça

Sporting e Benfica vão disputar a final da Supertaça dia 26, em Leiria. As leoas levaram de vencida o Famalicão (3-0) com golos de Brenda...

AD Pastéis festeja título de campeão

Na reedição da final do ano passado, a AD Pastéis venceu o Sótão por 3-2 e ergueu o troféu de campeão nacional de futebol...

Recordes, recordes e mais recordes

Esta época, o futebol feminino bateu muitos e importantes recordes. A época começou com um novo acordo entre a UEFA e a DAZN para transmissão...

“Em união e garra ninguém nos vence”

A Seleção Nacional de futebol de praia terminou a primeira etapa da Liga Europeia com registo de duas vitórias (Chéquia e Itália) e uma...