Taça foi “sensação indescritível” para Cynthia

Uma semana depois de ter conquistado uma histórica Taça de Portugal em basquetebol para o Benfica, Cynthia Dias aborda o segundo confronto no espaço de oito dias das encarnadas com o União Sportiva, prevendo um encontro de elevado grau de dificuldade

Praticamente não houve tempo para celebrar na secção de basquetebol feminino do Benfica, visto que logo depois da conquista da Taça de Portugal a concentração virou-se de imediato para o campeonato e com o adversário…a repetir-se: perante novo confronto com o União Sportiva, Cynthia Dias acredita que, ainda assim, “a intensidade seja ligeiramente diferente” para o Benfica no segundo confronto perante esta mesma equipa no espaço de apenas oito dias. Não muda o adversário, mas a competição a disputar será agora a Liga Skoiy já este domingo, precisamente uma semana após levantar a Taça de Portugal.

Um regresso ao campeonato para disputar a 8ª jornada da competição e somar mais um passo em frente rumo ao título nacional feminino, sabendo que no lado da União Sportiva, que ainda no passado sábado foi levada de vencida pela meia-final da Taça, estará um adversário à altura relativamente ao qual Cynthia Dias mostrou absoluto respeito em antevisão concedida aos canais oficiais do clube, até porque este certamente visitará a Luz “determinado em dificultar a vida” ao conjunto que representa, ainda que pretenda não sofrer tanto quanto no passado fim-de-semana.

Isto porque, recorde-se, há uma semana o Benfica necessitou do prolongamento para afastar o União Sportiva: “Para bem do meu coração, espero que não, mas acredito que a equipa venha determinada a dar tudo para nos dificultar a vida. Contudo, são jogos de diferente importância, por isso acredito que a intensidade seja ligeiramente diferente“, assim a extremo benfiquista preconizou o trabalhoso início de tarde que deverá ter pela frente no Pavilhão Fidelidade, às 14h30 deste domingo. Apenas sete dias após a maior conquista do historial do basquetebol feminino do Benfica desde a sua ativação.

Cynthia tem feito parte do crescimento gradual do basquetebol feminino no Benfica

“É uma sensação indescritível… A alegria de atingir um objetivo que há muito tempo era ambicionado pela equipa e pelo clube é imensa, a sensação de vitória após as longas horas de trabalho árduo, esforço e dedicação é ainda mais gratificante. Por isso, embora seja difícil expressar o misto de emoções que esta conquista desperta em mim, diria que orgulho é o sentimento soberano, sinto-me muito orgulhosa da nossa equipa e desta conquista. Continuem a apoiar-nos e façam história connosco”, pediu Cynthia Dias, detentora da camisola número 5 das encarnadas e que há muito representa o Benfica.

Sem surpresa, a basquetebolista faz parte do lote de capitãs e isso aumenta para si a importância desta conquista para o clube: “torna-se ainda mais especial, sem dúvida! Sendo a última da formação que permanece no clube, tive o privilégio de acompanhar o desenvolvimento e as graduais conquistas da equipa sénior de basquetebol feminino, desde o início, e a conquista desta Taça já era ambicionada há muito tempo. Portanto, as lágrimas de tristeza que outrora soltei por não conseguirmos chegar à final, neste ano tornaram-se lágrimas de alegria acompanhadas com a sensação de dever cumprido”.

Antes de terminar a sua intervenção, Cynthia dirigiu uma mensagem aos adeptos do Benfica, grata pelo “apoio constante. Queria agradecer o apoio constante dos nossos adeptos, que embora não possam estar presentes no pavilhão, fazem-nos sempre chegar a sua força. Garanto que continuaremos a dar tudo de nós para trazermos mais alegrias e vitórias para o nosso clube do coração, continuem a apoiar-nos e façam história connosco”, prometendo total aplicação para conseguir conduzir o Benfica até à ‘dobradinha’.

Deixe um comentário!

spot_img
Últimas NOTÍCIAS