Treinador teve conduta antidesportiva e foi punido com treinos a equipa feminina

Heiko Vogel, treinador da equipa de sub-23 do Borussia M’Gladbach, teve conduta antidesportiva com o árbitro Marcel Benkhoff e as duas árbitras assistentes Vanessa Artl e Nadine Westerhoff.

Depois da partida da quarta divisão germânica, ante o Bergisch Gladbach, o técnico foi multado em 1500 euros e dois jogos de castigo, mas a polémica instalou-se face ao castigo que dita que oriente uma equipa feminina em seis sessões de treino, até ao final de junho. A decisão da Associação de Futebol da Alemanha Ocidental tem como objetivo proporcionar ao treinador “uma experiência com jogadoras”, levando-o a “aprender a comportar-se educadamente com o sexo oposto”.

“É algo que demonstra que as mulheres e raparigas futebolistas não são encaradas de forma séria, em comparação com homens e rapazes. Este castigo é equiparável a fazer-se trabalho comunitário. O futebol feminino é um desporto e aquelas que dele fazem parte são tão profissionais quanto os seus homólogos masculinos”, disse Nicole Selmer, Frauen im Fussball (Mulheres no futebol), citada pela ESPN.

Foto: reprodução facebook Borussia Moenchengladbach

Deixe um comentário!

spot_img
Últimas NOTÍCIAS