Vantagem mínima serve as leoas

O Sporting deixou "fugir" a goleada, mas acabou por levar de vencida o Condeixa... sem marcar - valeu o autogolo de Sony Costa para a equipa de Susana Cova somar os três pontos

Foi um jogo de sentido único aquele a que se assistiu no Aurélio Pereira, na Academia de Alcochete, entre o Sporting e o Condeixa, para a quinta jornada da Liga BPI. As leoas mandaram, circularam, sufocaram, ameaçaram e tornaram a ameaçar… mas não marcaram. Ainda assim, mesmo tendo desperdiçado a oportunidade de golear, face à quantidade de ocasiões criadas, as comandadas de Susana Cova acabaram por levar de vencida o Condeixa, com um autogolo de Sony Costa, aos 61′.

O ascendente das jogadoras da casa foi evidente desde o início. Todas as investidas, porém, esbarravam na consistência defensiva do Condeixa, que se escudava no trio de centrais composto por Inês Barros, Tita e Carolina Pocinho, contando ainda com uma exibição de grande nível da guarda-redes Liliana Almeida.

Aos 10′, foi mesmo a dona da camisola 12 da equipa orientada por Marco Ramos a negar, com uma vistosa estirada, o golo a Carolina Mendes. Na sequência do lance, após o canto, foi Alicia Correia a tirar um cruzamento traiçoeiro que só não deu golo porque a bola caprichou na trave. Os ferros foram, de resto, um outro “adversário” que impediram as leoas de marcar – foi assim também com Tatiana Pinto, em remate de primeira, de pé esquerdo, de fora da área, ainda na primeira parte; e com Joana Marchão, após arrancada pela esquerda, já na segunda. Aos 35′, Carolina Mendes falha a emenda a um passe magistral de Bruna Costa, em lance de golo iminente.

Foi mesmo já sem a principal referência do ataque, Carolina Mendes, que as leoas chegariam ao golo… sem marcar. A dona da camisola 18 deixara esse papel a Ana Capeta, que derivou para a direita e cruzou para Raquel Fernandes, que recuou para a zona do penálti, quando a bola seguiu para bem mais perto da baliza. Foi ali, junto ao segundo poste, que Sony Costa teve o corte infeliz que traiu Liliana Almeida – no único lance que a 12 do Condeixa não travou, tendo mesmo uma série de intervenções fundamentais a contrariar as investidas contrárias, como o remate em jeito de Nevena aos 78′, em lance estudado, após livre na esquerda de Joana Marchão.

As leoas somam e seguem na perseguição ao líder Benfica, que também venceu nesta quinta jornada.

Lado F

1 COMENTÁRIO

  1. Infelizmente continuamos com dificuldades na finalização mas, nos restantes momentos e processos, foi um jogo bastante conseguido por parte das nossas Leoas!

    Lado F, muitos parabéns pelo excelente trabalho que têm desenvolvido, particularmente na divulgação do futebol feminino português. Sou vossa fã!

    Gostaria também de vos pedir que sigam o meu blog (https://osportingdelas.blogspot.com/) que iniciei há pouco tempo (ainda em construção), e onde gosto de partilhar a minha opinião e análise acerca do futebol feminino do Sporting Clube de Portugal. Obrigada, e continuação de bom trabalho!

Deixe um comentário!

spot_img
Últimas NOTÍCIAS