“Vontade de repetir a presença no Europeu é mais forte do que tudo”

Sílvia Rebelo é uma jogadora experiente e a central do Benfica não espera facilidades no playoff de apuramento para o Europeu com a Rússia. “Nestes jogos decisivos e de alta exigência, a motivação não falta. Todas queremos estar aqui”, disse Sílvia aos canais da FPF.

Internacional pela principal seleção portuguesa em 105 ocasiões, a central de 31 anos reconhece a “missão difícil, diante uma adversária competente e com mais experiência em Europeus e Mundiais”. “Mas a vontade de repetir a presença no Europeu é mais forte do que tudo isso. Se jogarmos altamente focadas e unidas, vamos conseguir alcançar o nosso objetivo”, referiu.

Há cinco anos, com a Roménia, Portugal também jogou a ida ao Europeu no playoff com a primeira mão em casa no Restelo, o que se repetirá sexta-feira. Sílvia garante que a qualificação lhe valeu “os dias mais felizes da vida”. “Empatámos primeiro em casa e sabíamos que o jogo fora seria muito complicado. Foi a união que nos levou a ir além”, atirou com palavras de confiança para as jogadoras que compõem o atual grupo que ambicionam a estreia no Europeu. “É importante que percebam que são dois jogos e nada ficará decidido no primeiro. É preciso dar tudo nas duas mãos. Em contextos de grande adversidade, e quando não há mais oportunidades, Portugal tem conseguido dar uma boa resposta. Confio que irá dar-se bem outra vez”, disse.

Para Sílvia, o coletivo vive o sonho de “várias gerações anteriores”. “A Edite Fernandes, a Carla Couto, a Sónia Matias, só para nomear alguns exemplos, lutaram muito pelo futebol feminino e merecem a alegria de ver Portugal novamente numa fase final”, lembrou.

Refira-se que a UEFA designou a suíça Esther Staubli para a partida da primeira mão do playoff com a Rússia. Susann Küng e a italiana Francesca Di Monte serão as assistentes, sendo que Michèle Schmölzer será a quarta árbitra.

Deixe um comentário!

spot_img
Últimas NOTÍCIAS